Extensão universitária que transforma

Extensão universitária que transforma

Para atender a sociedade, houve um aumento nos recursos financeiros para os editais de ações e programas de extensão na cultura e no esporte. Ainda por meio de editais, foram garantidos nos últimos anos mais investimentos para o Programa de Educação Tutorial, Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde, a Monitoria, o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência, a Residência Pedagógica, o Projeto de Ensino de Graduação, as Ligas Acadêmicas, Preceptorias, Bolsas de Estudantes em Mobilidade Internacional e Equipes de Competição.

Além disso, foram criados novos programas e projetos de extensão para que a universidade se conectasse e assim também colaborasse com a transformação social. Na inovadora Escola de Extensão foram oferecidos cursos inéditos no Brasil como, por exemplo, o de Prevenção ao Suicídio, que formou profissionais e preparou seus espaços para atendimento aos estudantes da UFMS e de outras universidades de Mato Grosso do Sul.

Assim, a UFMS já vem colocando sua competência a serviço de todos os segmentos da sociedade sul-mato-grossense. Só que é preciso fazer mais e melhor a partir da experiência conquistada. Por isso, essa gestão reafirma o compromisso de seguir avançando em programas de desenvolvimento institucional e na qualidade de vida das pessoas da comunidade universitária.

Assim, o plano de Turine e Camila prevê o aperfeiçoamento e a expansão do Programa de Apoio a Extensão Universitária (PAEXT), Programa de Bolsas de Extensão e Programa de Apoio a Eventos (Profe), para estimular o trabalho em rede e a integração multidisciplinar, interinstitucional e internacional.

O programa de “Apoio ao projeto Universidade da Maturidade: UFMS aberta à pessoa idosa” vai ser ampliado e a ciência e tecnologia devem ser popularizadas. Também será estimulado o oferecimento de cursos de extensão, com destaque para o Cursinho UFMS e Progeli, e de pós-graduação lato sensu em todos os câmpus.

 

E o Mercado Escola e a Incubadora Tecnológica Social vão ser inaugurados para o fomento e a comercialização da produção orgânica e agroecológica e atendimento dos pequenos produtores rurais do estado que passam a contar com acompanhamento técnico e capacitação. Soma-se a isso o impacto direto da incubadora na formação dos estudantes.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.