Para quem ama a UFMS

Para quem ama a UFMS

Turine e Camila vão expandir e consolidar a política de Desenvolvimento Pessoal, cultivando o senso de pertencimento efetivo à uma UFMS acolhedora. A direção da universidade, nesse novo mandato, vai então garantir junto ao MEC a reposição da força de trabalho para todos os câmpus e a cidade universitária, realizando novos concursos para professores e técnicos-administrativos.

Outra proposta é lutar pela normatização legal do incentivo a qualificação, retribuição por titulação e progressão, reduzindo assim as desigualdades. Os processos de avaliação serão simplificados e a capacitação e qualificação por meio do Programa Qualifica UFMS serão fortalecidas. Além disso, as ações de melhoria das condições de trabalho e de estudo serão ampliadas com apoio e respeito às relações interpessoais, à qualidade de vida, à pluralidade e ao meio ambiente.

Ainda na defesa da educação pública, de qualidade e de garantia de políticas inclusivas, a ideia é articular junto ao Fórum Nacional de Pró-Reitores de Assuntos Comunitários e Estudantis (Fonaprace) e ao Programa Nacional de Assistência Estudantil (PNAES) a previsão legal que garanta o repasse dos recursos necessários para que sejam ampliadas as políticas de assistência estudantil.