Polo de inovação da UFMS promete impacto socioeconômico

Polo de inovação da UFMS promete impacto socioeconômico

A estratégia aqui é fortalecer as políticas de internacionalização, estabelecendo acordos estrangeiros e mobilidade acadêmica. Turine e Camila também vão investir em novos ecossistemas de inovação no estado por meio do Parque Tecnológico ou Polo de Inovação, que vai estar diretamente conectado com os programas de pós-graduação e a Pantanal Incubadora Mista de Empresas (PIME/UFMS).

Ainda em prol do desenvolvimento regional, as incubadas e startups na PIME e os times de empreendedorismo social vinculados à UFMS ganharão atenção especial, incluindo a colaboração do saber de professores, técnicos e estudantes de todos os cursos de graduação e de pós-graduação.

Pelo plano 2020-2024 de Turine e Camila, também deve entrar em ritmo de expansão o Programa UFMS Junior, para fomentar a cultura do empreendedorismo entre os acadêmicos que contarão com direcionamento e acompanhamento da instituição em relação às atividades de fundação e manutenção de empresas juniores.